Características do Trovadorismo e Resumo Geral

Resumo trovadorismo

Literatura portuguesa distingue-se por uma riqueza de poesia lírica, prosa e verso. A literatura sempre foi muito apreciada em Portugal e depois da ocupação romana, houve uma abundância de escritos históricos que documentaram governantes, conquistas e desenvolvimento do país.

Podemos dizer que o trovadorismo foi a primeira manifestação literária da língua portuguesa. Surgiu no século XII, em plena Idade Média, período em que Portugal estava no processo de formação nacional.

O marco inicial do Trovadorismo é a “Cantiga da Ribeirinha” (conhecida também como “Cantiga da Garvaia”), escrita por Paio Soares de Taveirós no ano de 1189.

As primeiras manifestações da literatura Português encontram-se no verso , datada do século XII. Estes foram reunidos em três livros: o Cancioneiro da Ajuda ( 13C) , o Cancioneiro da Vaticana e o Cancioneiro da Biblioteca Nacional (sendo estes cópias de textos posteriores).

Os textos poéticos do trovadorismo eram marcados por traços requintados da aristocracia e expressavam a veneração pela mulher. As principais manifestações literárias do trovadorismo foram a canção, a pastourelle e a sextina.

Outros trovadores de destaque da época foram: Dom Duarte, Dom Dinis, João Garcia de Guilhade, Aires Nunes e Meendinho.

O trovadorismo atingiu o seu apogeu por volta de 1150 a 1170, na realeza de Provença e se espalhou pelo norte da França e Itália.

Características do Trovadorismo 1

Características do Trovadorismo 2

Características do Trovadorismo 3

Características do Trovadorismo 4




Add a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *